Sexta-feira, 2 de Outubro de 2009

“Contamos Consigo”

 

Os slogans são, por definição, frases curtas de fácil compreensão, com o propósito de fazer passar determinada mensagem ou ideia. Num contexto político, é sabido que a propaganda recorre a este mecanismo de modo a persuadir o eleitorado a aderir ao seu projecto. Ao longo dos tempos, e com a diminuição das clivagens ideológicas, estes slogans têm-se adaptado, tornando-se menos radicais e mais moderados, indo a tendência actual da comunicação, no sentido de preparar slogans positivos, que apelem, às competências dos candidatos, às suas propostas e/ou às suas realizações.
 
Curiosamente, o slogan “Contamos Consigo”, utilizado pela CDU/Alcochete, vai no sentido contrário da actual tendência. Isto até poderia ser entendido como um sinal de inovação, caso não estivesse uma perigosa mensagem subliminar na sua origem, que interessa esmiuçar para entendermos o seu alcance.
 
Para um partido que luta pela sua reeleição, após 4 anos à frente dos destinos da autarquia, seria normal que elogiasse a sua “obra”, mas isso não aconteceu, e em alternativa optaram por “passar a bola” aos eleitores.
 
Se a frase utilizada fosse “Conte Connosco”, estava implícito a disponibilidade e a determinação para trabalhar em prol de um futuro melhor. Agora a frase “Contamos Consigo”, tem implícito um recado que me deixa muito apreensivo.
 
Encontrando-se o Concelho na situação lastimável em que está, terá isto a ver com a economia dos “nano, micro e mini favores” que supostamente existe em Alcochete, e que é responsável pelo receio de muitas pessoas, de fazer parte de listas de outros partidos ou mesmo, de serem vistos a participar em qualquer acção?
 
Terá isto a ver com o sistema de interesses mútuos e com os caciques locais, que funcionam como agentes facilitadores das relações com o poder, de que se fala?
 
Terá isto a ver com o “social porreirismo” que distribui abraços, beijinhos e subsídios por tudo o que mexe?
 
Se assim for, vamos no caminho errado. Aparentemente até pode ser confortável para alguns, mas o resultado vai ser decididamente mau para todos. A isto chamo empobrecimento assistido do Concelho.
 
Se assim for, é nossa obrigação acabar com este mecanismo perverso, que prejudica o desenvolvimento do Concelho e que tem como único objectivo assegurar a manutenção da CDU no poder.
 
Agora que estamos no momento de avaliar o trabalho efectuado pelo actual executivo comunista e escolher quem irá dirigir os destinos do Concelho nos próximos 4 anos, não valerá a pena pensar nisto?
 
Jorge Borges da Silva
Candidato à Presidência da Câmara Municipal de Alcochete
publicado por jsdalcochete às 15:49
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. E assim que caminha Portu...

. Actualidade Esfumada

. ...

. Eleições

. O mito da ideologia

. É POR TI!!!!

. E QUEM SERÁ????

. O REGRESSO

. A frase do século!!!

. O desgoverno!

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

.links

.Contador

Palm Springs Condos
Palm Springs Lofts
blogs SAPO

.subscrever feeds