Sábado, 20 de Junho de 2009

O GOVERNO DÁ

 

O nosso Primeiro Ministro está muito satisfeito com ele e só reconhece um erro!!!
Reconhece que investiu pouco na Cultura, mas também assume que na Educação podia ter feito diferente e melhor.
Será um segundo erro? Parece-me que o nosso Primeiro Ministro teve mesmo uma formação muito precária.
Sabe-se do Inglês Técnico e agora descobre-se a Matemática… mas esta disciplina talvez seja um problema associado aos Engenheiros do próprio Partido Socialista, uma vez que, em tempos o Primeiro Ministro Eng. Guterres “mandou-nos” fazer as contas, agora o Primeiro Ministro Sócrates fala num só erro!!!
Enfim….
Este é um ano de eleições e de dádivas….
Até os exames escolares são palco do facilitismo!
Estamos a trabalhar para estatísticas e não para melhorar e qualificar o nosso País, o nosso Futuro, os nossos Jovens. E o nosso Primeiro Ministro fala num só erro!
Senhor Primeiro Ministro aproveite a “embalagem” da derrota europeia e faça-nos um favor: Volte a estudar os manuais e faça melhoria de nota!
Nós, Jovens, merecemos mais e muito melhor!
 

Rute Figueiredo

 
publicado por jsdalcochete às 16:39
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

Seres decentes

 

O texto impedia que o vencimento do Chefe do Estado fosse «acumulado com quaisquer pensões de reforma ou de sobrevivência» públicas que viesse a receber. Sem hesitar, o visado promulgou-o, impedindo-se de auferir a aposentação de militar para a qual descontara durante toda a carreira. O desconforto de tamanha injustiça levou-o, mais tarde, a entregar o caso aos tribunais que, há pouco, se pronunciaram a seu favor. Como consequência, foram-lhe disponibilizadas as importâncias não pagas durante catorze anos, com retroactivos, num total de um milhão e trezentos mil euros. Sem de novo hesitar, o beneficiado decidiu, porém, prescindir do benefício, que o não era pois tratava-se do cumprimento de direitos escamoteados - e não aceitou o dinheiro. Num país dobrado à pedincha, ao suborno, à corrupção, ao embuste, à traficância, à ganância, Ramalho Eanes ergueu-se e, altivo, desferiu uma esplendorosa bofetada de luva branca no videirismo, no arranjismo que o imergem, nos imergem por todos os lados. As pessoas de bem logo o olharam empolgadas: o seu gesto era-lhes uma luz de conforto, de ânimo em altura de extrema pungência cívica, de dolorosíssimo abandono social. Antes dele só Natália Correia havia tido comportamento afim, quando se negou a subscrever um pedido de pensão por mérito intelectual que a secretaria da Cultura (sob a responsabilidade de Pedro Santana Lopes) acordara, ante a difícil situação económica da escritora, atribuir-lhe. «Não, não peço. Se o Estado português entender que a mereço», justificar-se-ia, «agradeço-a e aceito-a. Mas pedi-la, não. Nunca!»
O silêncio caído sobre o gesto de Eanes (deveria, pelo seu simbolismo, ter aberto telejornais e primeiras páginas de periódicos) explica-se pela nossa recalcada má consciência que não suporta, de tão hipócrita, o espelho de semelhantes comportamentos. “A política tem de ser feita respeitando uma moral, a moral da responsabilidade e, se possível, a moral da convicção”, dirá. Torna-se indispensável “preservar alguns dos valores de outrora, das utopias de outrora”. Quem o conhece não se surpreende com a sua decisão, pois as questões da honra, da integridade, foram-lhe sempre inamovíveis. Por elas, solitário e inteiro, se empenha, se joga, se acrescenta - acrescentando os outros. “Senti a marginalização e tentei viver”, confidenciará, “fora dela. Reagi como tímido, liderando”. O acto do antigo Presidente («cujo carácter e probidade sobrelevam a calamidade moral que por aí se tornou comum», como escreveu numa das suas notáveis crónicas Baptista-Bastos) ganha repercussões salvíficas da nossa corrompida, pervertida ética.
Com a sua atitude, Eanes (que recusara já o bastão de Marechal) preservou um nível de dignidade decisivo para continuarmos a respeitar-nos, a acreditar-nos - condição imprescindível ao futuro dos que persistem em ser decentes.
 
 
Fernando Dacosta
publicado por jsdalcochete às 17:41
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Monte Novo ou Monte Velho

 

É com algum pesar que a JSD Alcochete assiste á degradação da escola por alguns nós frequentada – a escola primária do Monte Novo.
Não foi há muito tempo (Dezembro 2008) que a JSD Alcochete denunciou o mau funcionamento da nossa escola primária e o facilitismo com que o Vereador da Educação trata os problemas dos nossos jovens, melhor ainda, o facilitismo com que o executivo comunista da Câmara Municipal de Alcochete trata o futuro do nosso Concelho, uma vez que as Crianças de Hoje serão os Homens do Amanhã.
Infelizmente, e mais uma vez, tivemos conhecimento que a nossa escola vai de mal a pior. Cada vez tem mais problemas a nível das instalações. E ficamos também a saber que a ASAE (Autoridade de Segurança Alimentar e Económica) também já tem conhecimento das patologias existentes na nossa escola e até já instaurou um processo de contra ordenação contra a Câmara Municipal do nosso Concelho.
 
A JSD Alcochete questiona:
·         O porquê deste executivo tudo prometer e nada cumprir. Mais uma vez, o Vereador da Educação publicita a construção de mais um centro escolar para dar solução á escola do Monte Novo.
  Será normal essa publicidade?
 
·         Em tempo de crise, tempo esse tão anunciado pelo nosso Presidente da CMA pela falta de verba, quem vai pagar a coima resultante da incompetência do nosso executivo comunista?
 
Como sempre, teme-se o pior, e paga o povo….
 
Rute Figueiredo
publicado por jsdalcochete às 16:36
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Junho de 2009

Gepeto não é ficção!!!

 

 

publicado por jsdalcochete às 17:12
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Vota por Ti, Vota por Portugal, Vota por Nós Europeus!

 

Estamos num período eleitoral muito importante para todos nós, Europeus!
É já no próximo domingo, dia 7 de Junho, que se vão escolher os 22 Eurodeputados que vão decidir os destinos da nossa Europa. Uma Europa que se quer unida e fortificada.
Só cumprindo com o nosso dever ou direito cívico, (como queiram entender) se decide quem poderá ter influência no nosso futuro e no nosso dia a dia.
Por isso a JSD Alcochete apela ao voto de todos os jovens e demais cidadãos no próximo domingo, sem nunca perder de vista, que só as setas mostram a verdadeira direcção a caminho da Europa!
 
Rute Figueiredo
 
publicado por jsdalcochete às 10:29
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Pelo futuro dos nossos filhos…Por Portugal!

 

As eleições europeias que se realizam no próximo domingo, são mais do que um simples acto eleitoral, representam a oportunidade que temos de devolver a esperança a Portugal.
Enquanto os candidatos do PS ao Parlamento Europeu nos distraem a atenção com assuntos menores, Portugal vive um dos momentos mais difíceis da sua história. Além de estarmos perante uma grave crise económica e social, assistimos a um clima de crispação social sem precedentes, por culpa da atitude arrogante, insensível e inflexível do actual governo e do Eng.º Sócrates.
Um Governo que ao longo de mais de quatro anos, tem efectuado de forma pouco ortodoxa as reformas sectoriais do País, atacando e humilhando as diferentes classes sociais, como foi o caso dos juízes, dos médicos, dos enfermeiros, dos professores e dos funcionários públicos. Um governo que é responsável pelo estado em que se encontra actualmente a Educação, cego por um modelo de avaliação que prejudica o bom funcionamento da escola e a qualidade do ensino, privilegiando o facilitismo e incentivando a descredibilização e desautorização dos professores. Um governo que alega preocupações sociais, mas que sobrecarregou os trabalhadores com o aumento de impostos. Um Governo que num momento em que é necessário reforçar os mecanismos de apoio social, e numa altura em que se estima que as necessidades do Banco Alimentar Contra a Fome subam 100%., prepara-se para aumentar a taxa social única sobre as instituições de solidariedade social em mais 2,7%.
É por isso que o voto no PSD é importante, porque é o único meio de acabar com este estado de sítio em que se encontra a Nação. O PSD é o partido que defende o modelo Social Europeu. É o partido que está ao lado dos trabalhadores e dos mais desfavorecidos, defendendo políticas sociais sérias, como a criação de um fundo de emergência social, o reforço do apoio às instituições de solidariedade social e o apoio às PME´s. O PSD é o partido que defende a dignificação da carreira docente e a devolução da autoridade aos professores, a bem do ensino, dos alunos e das suas famílias. O PSD é o partido que defende que as reformas do estado se fazem com as pessoas e não contra as pessoas, ao contrário do que faz o Eng Sócrates que persistentemente coloca portugueses contra portugueses, seguindo o princípio “dividir para reinar”.
A defesa dos interesses nacionais passa pela defesa desses mesmos interesses junto da União Europeia, dado que as políticas defendidas na Europa se reflectem directamente no nosso país. Por isso, no próximo dia 07 de Junho, temos que nos mobilizar e votar PSD. É nosso dever, é nossa obrigação. Só assim será possível iniciarmos o ciclo de mudança que culminará com a derrota deste governo nas eleições legislativas.
 
Jorge Borges da Silva
Presidente PSD Alcochete

 

publicado por jsdalcochete às 15:21
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. E assim que caminha Portu...

. Actualidade Esfumada

. ...

. Eleições

. O mito da ideologia

. É POR TI!!!!

. E QUEM SERÁ????

. O REGRESSO

. A frase do século!!!

. O desgoverno!

.arquivos

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

.links

.Contador

Palm Springs Condos
Palm Springs Lofts
blogs SAPO

.subscrever feeds